Labirinto

Minh’alma perdida,
por aí sem guarida,
fecha-me a ferida:
onde está a saída
nesta luta bandida?
e a terra prometida
— bela e atrevida —
vive escondida
em funda jazida?

Copyright ©2013 Maria Brockerhoff

2 thoughts on “Labirinto

  1. <3

  2. bru

    Foto e poesia interrogativas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *